O perigo do narcisismo

Um estudo recente da City, University of London revelou que a maioria dos homens narcisistas apresenta um comportamento autoconfiante, socialmente dominador e agressivos. A pesquisa indica que cerca de 75% das pessoas diagnosticadas com transtorno de personalidade narcisista são homens, mas mesmo entre os não diagnosticados é possível encontrar esse tipo de comportamento: homens que se consideram superiores aos outros. Homens vaidosos e arrogantes estão presentes em todos os ambientes da sociedade e vão desde os que se acham “o melhor motorista” até os que se julgam o mais inteligente, bonito ou esperto.

A ruína da soberba

O narcisismo, com suas características de grandiosidade e assertividade, é sinônimo de um futuro repleto de dores. A Bíblia adverte que “a soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” (Provérbios 16.18). Esse é um alerta para que os homens revejam o que pensam sobre si mesmos e busquem uma mudança quando se perceberem arrogantes. A Palavra de Deus é clara: “Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado” (Mateus 23.12).

Buscando o Espírito Santo

Para se libertar do pensamento narcisista, arrogante e prepotente, o homem precisa buscar o Espírito Santo. É Ele quem concede o equilíbrio necessário para não se afogar na própria vaidade. E, dentre tantos exemplos bíblicos, o melhor é o de Jesus, que, mesmo sendo perfeito, não foi arrogante. Seguir Seu exemplo é essencial para ter uma vida equilibrada.

O narcisismo é um problema real e crescente na sociedade atual, especialmente entre os homens. No entanto, a Bíblia nos oferece um caminho diferente do que o mundo ensina e somente seguindo os passos de Jesus é possível evitar a ruína que a soberba traz e alcançar uma vida de verdadeira honra e equilíbrio.

Source: Narcissism in Women

Fique por dentro das noticias da igreja Universal na Finlândia siga o nosso Canal no WhatsApp.